atendimento ao paciente

4 erros de atendimento ao paciente em clínicas médicas e consultórios

Oferecer bom atendimento ao paciente é o ponto-chave para o crescimento de qualquer clínica ou consultório médico. Existem estabelecimentos demais que oferecem as mesmas especialidades, mas o atendimento é a única coisa que não se pode copiar.

É preciso reconhecer o poder que o bom atendimento tem e evitar alguns deslizes de fácil resolução. Porém, para conseguir resolver o problema, é preciso identificá-lo. Foi pensando nisso que listamos alguns erros no atendimento que não devem acontecer:

1. Negligência na recepção

Na recepção estão os funcionários da linha de frente, ou seja, aqueles que terão o primeiro contato com o paciente. Como já diz o ditado, a primeira impressão é a que fica. Se esse momento inicial for ruim, certamente o seu público procurará outro especialista.

Os funcionários precisam compreender que o bom atendimento é um diferencial inigualável. Tratando-se de uma clínica médica, o cuidado precisa ser ainda maior. As pessoas estão numa situação de doença e sentem-se, muitas vezes, fragilizadas.

Para evitar que isso aconteça, o ideal é sempre promover treinamentos nesse setor. Os atendentes precisam internalizar a informação de que as pessoas que chegam até eles podem estar em um momento de grande dificuldade. Mostrar um atendimento humanizado é a melhor opção.

2. Demora no atendimento

Essa é uma queixa bastante recorrente dos pacientes em relação aos consultórios médicos. Muitas vezes, o atendimento é por ordem de chegada, algo que dificulta ainda mais a vida de quem quer fazer uma consulta.

Mesmo o estabelecimento que oferece o agendamento dos horários acaba tendo problemas quanto à espera apenas por causa da desorganização.

Toda a equipe precisa ter em mente que o tempo do paciente é igualmente valioso e que ele tem outras coisas para fazer naquele dia.

Outro detalhe que faz a diferença é saber o tempo médio que o profissional leva para atender. Assim, deve-se estipular o número máximo de pacientes a atender por dia sem fazê-los esperar muito.

3. Gestão inadequada

Para que um consultório funcione de forma adequada, uma boa gestão é indispensável. A desorganização pode acontecer em apenas um setor, mas pode afetar o trabalho de todos os colegas.

Por exemplo, se os prontuários estiverem desorganizados, mais demorada será a consulta e mais espera será necessária para os próximos atendimentos.

Uma forma barata e prática de resolver esse problema é adquirindo softwares de gestão. Esses programas conseguem otimizar os processos e deixar o fluxo de informações muito mais rápido. Um software que ajuda na marcação de pacientes consegue oferecer mais organização e rapidez, melhorando o serviço.

4. Descaso na explicação do procedimento

Todo procedimento deve ser explicado com clareza ao paciente, sem uso de termos técnicos e de forma objetiva. A equipe deve estar atenta às dúvidas que forem surgindo e pronta para respondê-las.

Cada passo que o paciente der dentro da clínica deve ser explicado e orientado: para onde está indo, o que vai ser feito, por que ir para o local, entre outros pontos relevantes.

Isso é muito importante também para a clínica, que deve oferecer o direito de o paciente recusar determinado tratamento, evitando problemas na Justiça.

Quer receber mais dicas sobre atendimento ao paciente e outras relacionadas? Então curta a nossa página no Facebook!

ebook-cta-horizontal-07-recepcionistas (1)

Responder

*

Next ArticleAs 8 melhores dicas para manter a saúde financeira da sua clínica médica