imgpsh_fullsize (1)

Aprenda já como medir os resultados da sua clínica médica

Gerenciar uma clínica médica e, ao mesmo tempo, trabalhar nela é uma tarefa bem desafiadora. Quando não são os pacientes demandando a sua atenção, é a área financeira, as compras que precisam ser feitas ou a parte de manutenção.

No meio de tanta coisa para fazer, é preciso estar muito atento aos resultados, e conseguir parar para avaliá-los é outra fator que exige um pouco mais do seu tempo e atenção. Então, se você sente na pele essa dificuldade, continue lendo este post e confira algumas dicas e explicações que separamos para ajudar!

 

A importância de medir os resultados da sua clínica médica

 

É como dizem: “se você não sabe para onde quer ir, qualquer caminho serve”; mas, se você tem em mente alguns objetivos, como estabilidade, crescimento ou segurança financeira, a história é outra. Assim, por mais que a sua agenda ande sem tempo, é preciso separar alguns momentos para avaliações do seu negócio.

Provavelmente, quando estava montando a sua clínica, você fez várias contas e considerou o investimento e o retorno que ele precisaria oferecer. Mas, depois de ter tudo funcionando, ainda é necessário manter uma observação dos números.

 

Uma observação constante dos números é uma parte essencial para a vida da sua clínica

 

Em outras palavras, análises mensais, semestrais e anuais devem estar dentro da sua programação de trabalho. E é com base nelas que será possível avaliar investimentos, o direcionamento da clínica e o seu planejamento estratégico.

 

Aprendendo a trabalhar com KPIs

 

Para conseguir enxergar exatamente o que é importante para a sua análise, é preciso saber para onde olhar. Afinal, ter uma série de relatórios e números soltos só ocasionará a perda de mais tempo.

Então, se quer mesmo sair do lugar, precisa identificar o que faz sentido — e é nessa hora que o conceito de KPI (Key Performance Indicator) vem para ajudar. Grosso modo, esses índices variam de negócio para negócio, e são o que importa para você.

 

KPIs são essenciais para calcular a rentabilidade da sua clínica

 

No caso da sua clínica médica, existem algumas informações que acabam roubando mais da sua atenção, como a taxa de cancelamento de consultas, inadimplência, número de novos pacientes, volume de reclamações, tempo médio de espera, ocorrência de atrasos, gasto com serviços de manutenção, faturamento, lucratividade etc.

Diante de todas essas informações, se quiser acompanhar tudo de uma vez, você vai se embolar ainda mais. Assim, escolha algumas poucas que lhe forem mais importantes, e fique de olho nelas — tais dados serão os seus KPIs.

Agora, uma característica muito importante quanto aos KPIs é que eles precisam ser fáceis de ser levantados. Não adianta ter bons índices para análise, se eles tomarem muito tempo para ser calculados.

Em outras palavras, sua vida fica muito mais fácil se você tiver boas fontes de informações consistentes e atualizadas. E depender da agenda da secretária nessa hora não é uma boa ideia. O melhor mesmo é ter um bom software para médicos à sua disposição.

 

A análise de resultados do atendimento a pacientes

 

Com relação à análise do atendimento de pacientes em sua clínica médica, podemos ressaltar alguns itens. O primeiro deles, como já citamos, é a taxa de novos pacientes. Com ela, é possível perceber se sua clínica está crescendo ou não.

 

Considere avaliar qual é o seu perfil de clientes.

 

Eles são de maioria particular ? ou se vêm por meio de convênios e outras parcerias ? Além disso, contabilize a média de atendimentos por mês e descubra se existe tempo ocioso que poderia ser utilizado por mais pacientes.

A frequência de retornos e o número de cancelamentos mensais também podem ser bons números a serem acompanhados e estudados. Enfim, pense nessas ideias e veja se há mais alguma que pode ser útil para você. Considere as mais relevantes para o seu caso e faça um acompanhamento mais próximo.

 

A análise de resultados financeiros

 

De fato, quando o assunto é a área financeira, os cuidados costumam ser um pouco mais comuns que a maioria de outros tipos de negócios. Mesmo assim, você pode elencar aquilo que dará mais atenção.

Nesse departamento, você pode ficar atento tanto aos ganhos como às perdas financeiras (ou entradas e saídas). A parte do ganho estaria mais voltada a informações como o volume de recebimento provindo de convênios.

Assim, você descobre se entra mais dinheiro das consultas, operações ou exames que, por ventura, você realize em sua clínica.

 

Da parte das saídas, por outro lado, é bom sempre considerar despesas com pessoal, gastos para a manutenção, serviços terceirizados, compras de materiais e quanto tem tido de imprevistos. Quanto ao marketing, especificamente, pense: o que você investe em publicidade é recebido de volta em forma de novos pacientes ou de aumento de receita?

Faça uma pesquisa e pergunte aos seus pacientes como eles descobriram a sua clínica. Assim, você perceberá se os seus investimentos em divulgação estão realmente dando retorno e quanto.

 

ROI

 

O volume do faturamento mensal é sempre um indicador a ser considerado, mas, às vezes, é menos importante do que a lucratividade que você teve no mesmo período. Por isso, nessa hora é bom que você conheça o conceito e o cálculo do ROI — ou Return on Investment.

De maneira prática e objetiva, esse indicador é utilizado em várias áreas por ser universal e de fácil entendimento. Para calculá-lo, basta fazer a seguinte conta:

 

ROI = (Ganho Obtido – Investimento Inicial) / Investimento Inicial

 

Levantando tudo o que você recebeu de retorno, subtraindo todo o seu investimento e dividindo novamente pelo seu investimento, você conseguirá o percentual de retorno. É como se fossem os juros que o seu negócio devolveu a você.

Então, como o resultado obtido será entre 0 e 1, multiplique esse número por 100 e tenha o percentual de retorno da sua clínica médica. Faça essa avaliação com alguma periodicidade e poderá enxergar muito bem se sua administração está trazendo ou não mais dinheiro para você.

O que achou do post? Agora que você já entende melhor e conhece algumas boas opções para medir como andam os seus resultados, aproveite para conferir também como reduzir custos na sua clínica médica!

 

Utilize o MedicalBox gratuitamente por 30 dias

 

marketing para clinicas medicas

Responder

*

Next ArticleAfinal, você sabe o que é telemedicina?