indicadores para clínica médica

Descubra quais os melhores indicadores para clínica médica

Gerenciar um consultório ou uma clínica médica requer diversas habilidades do gestor que o ajudem a acompanhar todas as áreas do seu negócio: financeira, administrativa, recursos humanos e os próprios pacientes. É preciso ter uma visão ampla e detalhada sobre o que está acontecendo em cada um desses setores para um maior controle e melhora no desempenho dos processos da clínica.

Nesse contexto, a pergunta que muito dos profissionais de saúde fazem é: como entender melhor os resultados do trabalho realizado na própria clínica? Grande parte da resposta está na coleta e acompanhamento dos indicadores para clínica médica. Quer saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura!

O que são indicadores para a clínica médica?

Indicadores de desempenhos são ferramentas gerenciais utilizadas em todo tipo de negócio que auxiliam no acompanhamento e na avaliação dos serviços que são prestados. O seu objetivo é o de representar, em números, o desempenho de atividades estratégicas realizadas na empresa em um período específico.

Cada empresa deve coletar os indicadores de desempenho que se adequam à sua realidade. Ou seja, aqueles que ajudarão o gestor a compreender melhor o seu negócio e serão a base da sua tomada de decisões.

Os indicadores para clínica médica são aqueles específicos para avaliar o desempenho do estabelecimento de saúde. É comum que os gestores já coletem dados sobre o desempenho de alguns processos na clínica, mas, muitas vezes, não realizam a análise desses dados.

De modo geral, os principais objetivos de ter indicadores para a clínica médica são:

  • melhorar o acompanhamento dos processos na clínica;
  • saber a situação atual e real da clínica;
  • checar se a missão da clínica está sendo cumprida;
  • direcionar estratégias para a clínica.

Quais indicadores devem ser utilizados?

Agora que você entendeu o que são os indicadores para clínica médica e qual a sua importância, listamos quais os melhores indicadores a serem coletados e como isso pode ser feito. Acompanhe.

Satisfação do paciente

A satisfação do paciente mede o quanto estão felizes com o serviço que é oferecido pela clínica. Isso inclui tanto o atendimento pelo profissional de saúde quanto todas as outras variáveis do serviço, como:

  • agendamento da consulta;
  • atendimento pela secretária;
  • estrutura física da clínica;
  • limpeza e organização dos ambientes;
  • pontualidade dos profissionais;
  • ações pós consulta.

Esse indicador tem grande importância para a clínica pois, um paciente satisfeito retorna à clínica e ainda a indica para amigos e familiares. E é exatamente isso que um gestor quer para o seu negócio, não é mesmo?

Uma boa maneira para obter esse indicador é por meio de formulários de satisfação preenchidos pelos próprios pacientes. Eles podem estar disponíveis em forma física na sala de espera ou serem enviados por e-mail.

Tempo de espera

O longo tempo de espera para atendimento em clínicas é uma das maiores reclamações dos pacientes. Hoje em dia, a vida de grande parte das pessoas é muita corrida e ter que esperar por um atendimento com hora marcada traz bastante insatisfação. Além disso, o tempo de espera reflete o grau de organização da clínica.

Dessa forma, entender esse indicador é um importante passo para melhorar o serviço que é oferecido. Para saber o tempo médio de espera, você pode solicitar que a recepcionista anote o horário que o paciente chegou na clínica e o horário em que ele entrou no consultório.

E lembre-se: se identificar que o tempo de espera é prolongado, é preciso pensar em estratégias para reduzi-lo!

Taxa de retorno

A taxa de retorno diz respeito a:

  • pacientes que retornam para consultas;
  • pacientes que cancelam as consultas;
  • pacientes que não aparecem para consultas sem avisar.

Esse é um indicador muito importante para a clínica médica, afinal, a presença e retorno dos pacientes é o que demonstra que o atendimento está sendo bem-feito — e que permite o crescimento e desenvolvimento do negócio.

O retorno de um paciente para consultas subsequentes demonstra que, além da satisfação com a primeira consulta, o profissional de saúde conseguiu passar a mensagem sobre a importância da continuidade de tratamentos em saúde. Portanto, traz benefícios também para o próprio paciente.

Esse indicador pode ser avaliado a partir de:

  • histórico de agendamento dos pacientes;
  • número de novos pacientes que chegam por indicação;
  • número de pacientes que faltam sem avisar;
  • tempo entre uma consulta e outra.

Faturamento

Uma clínica médica ou qualquer outro estabelecimento de saúde não deixa de ser um negócio. Por isso, é essencial ter indicadores de faturamento que permitam fazer projeções de faturamento diário e mensal. Tudo para uma maior organização financeira. Sem isso, há grandes chances do gestor se perder nas finanças e ter prejuízos a curto e longo prazo.

A melhor forma de gerar e avaliar os indicadores de faturamento é por meio de um software de gestão que tenha uma área específica para o gerenciamento financeiro da clínica. Esses sistemas médicos permitem o registro de todas as transações financeiras da clínica, de forma que fica simples identificar como o dinheiro é gasto e ganho pelo estabelecimento.

Indicadores de marketing

Acompanhar e avaliar os indicadores de marketing da clínica também é muito importante, afinal, é ele que traz visibilidade para a clínica e ajuda na retenção de novos pacientes. 

A ideia é avaliar a eficiência das estratégias de marketing que são utilizadas. Assim, a clínica foca em campanhas que realmente funcionam. Essa avaliação pode ser feita ao:

  • acompanhar o número de visitas ao site e páginas de redes sociais da clínica;
  • identificar por qual canal os novos pacientes ficam sabendo da clínica — indicação pessoal, internet.

Quais os benefícios do uso de indicadores?

Como citamos, os indicadores para uma clínica médica ajudam os gestores e profissionais de saúde a entenderem melhor o funcionamento do estabelecimento. Com isso, é possível identificar as possíveis falhas nos processos e buscar maneiras de corrigi-las.

Da mesma forma, as estratégias de sucesso também são identificadas e o gestor tem embasamento para investir mais nelas. As informações obtidas por meio da coleta de indicadores de desempenho são o que amparam o processo de tomada de decisão da clínica.

Por exemplo, como um gestor pode decidir investir em uma nova campanha de marketing se não sabe se as anteriores funcionaram? Com isso, as tomadas de decisão passam a ser mais fundamentadas e assertivas, o que certamente ajudará no sucesso da clínica.

E você, já conhecia algum desses indicadores para clínica médica? Sabe de outros que podem ser utilizados? Deixe um comentário no post e compartilhe!

Responder

*

Next ArticleEntenda como construir uma reputação on-line na área médica