258317-linkedin-para-medicos-como-utilizar-corretamente-em-sua-clinica

LinkedIn para médicos: como utilizar corretamente em sua clínica?

A área de saúde é um segmento que pode trazer excelentes retornos para os seus profissionais, tanto do ponto de vista pessoal quanto do financeiro. No entanto, atuar nesse ramo é sempre um desafio e, por isso, saber como utilizar corretamente o LinkedIn para médicos pode ser fundamental para o sucesso de sua clínica.

Muito embora a tecnologia já faça parte da rotina da grande maioria das pessoas e o uso das redes sociais seja corriqueiro em nossa sociedade, muita gente ainda não conhece o poder e as possibilidades desse site. Quer aprender um pouco mais sobre essa mídia? Então confira o conteúdo a seguir!

Afinal, o que é o LinkedIn?

Como você já deve ter ouvido falar, o LinkedIn é uma rede social voltada para negócios, que foi lançada no ano de 2003 e permanece fazendo sucesso até hoje. Embora tenha um funcionamento similar aos das outras mídias do gênero, como o Facebook, essa empresa se diferencia justamente por estar voltada para o aspecto profissional.

Os usuários podem, por exemplo, criar ou manter relações de trabalho por meio de sua lista de contatos, mantendo ou ampliando o networking com chefes e colegas. Além disso, há a funcionalidade de criar um currículo online, permitindo a procura por novos cargos e um desenvolvimento mais intenso da carreira.

O próprio site se intitula como uma rede de negócios, na qual as pessoas não usam os seus perfis somente para mandar recados e ver fotos, mas, sim, para gerar e manter relacionamentos mais formais e lucrativos. Os serviços são gratuitos e muitos setores de RH e recrutadores já adotam o LinkedIn em seus processos seletivos.

Como utilizá-lo corretamente?

Invista no seu resumo

Investir no seu próprio resumo no LinkedIn é uma maneira de expor as suas habilidades com mais praticidade e, desse modo, chamar a atenção do mercado, atrair recrutadores ou de ganhar autoridade no seu ramo de atuação — o que é fundamental em uma área tão técnica e disputada quanto o segmento de saúde.

Dentro desse contexto, colocar as suas melhores competências em destaque é fundamental. Nesse aspecto, você pode destacar suas certificações e seus cursos, além de especializações e eventuais diferenciais, como domínio em computação ou experiência em alguma subespecialidade que seja valorizada no mercado, por exemplo.

Essa é uma forma inteligente de fazer o seu marketing pessoal nessa rede social e, assim, poder atingir os seus objetivos com mais facilidade. Entretanto, vale lembrar que você não deve cair na tentação de cometer um dos erros mais comuns dos currículos físicos: mentir. Isso pega muito mal, tanto ao vivo quanto no ambiente virtual.

Mantenha o perfil atualizado

Manter o resumo completo é muito importante, como vimos no tópico anterior. No entanto, por não ser uma rede meramente de interações sociais, alguns usuários acabam não acessando a página e, com isso, podem deixar informações desatualizadas. Não cometa esse erro caso queira manter seu nome em alta.

Todos os dados relevantes sobre sua trajetória profissional precisam estar no LinkedIn e, de preferência, em ordem cronológica. Além da sua formação acadêmica básica e dos cursos e especializações posteriores, vá acrescentando seus ganhos em termos de experiência profissional, deixando claro que você está em constante evolução.

Escolha bem sua foto

Tendo em mente que o LinkedIn é uma rede social voltada para as relações profissionais, fica fácil inferir que a sua foto deve ser, de preferência, formal e em consonância com a sua posição de médico, não é verdade? Afinal, essa é uma área de atuação que exige um reconhecido grau de formalidade e sobriedade.

É fundamental utilizar, nesse momento, bastante maturidade, responsabilidade e uma grande dose de bom senso. Deixe de lado aquelas imagens que você costuma compartilhar em suas outras mídias, como o Instagram ou o Facebook. Fotografias com baixa resolução também devem ser evitadas, porque podem dificultar a sua identificação.

Utilize palavras-chave

Você já deve ter ouvido falar sobre a importância de palavras-chave em buscadores como o Google, por exemplo. No LinkedIn, por incrível que pareça, há uma similaridade na importância de escolher bons termos, uma vez que, em geral, os recrutadores e setores de RH fazem uso desse tipo de recursos em suas pesquisas.

Por essa razão, é muito importante incluir as expressões mais adequadas em seu currículo online, sobretudo nos espaços reservados para colocar as suas especialidades profissionais. Aposte em palavras que estejam alinhadas com as suas áreas de interesse ou de atuação, bem como com os cargos pretendidos, se for o caso.

Participe de grupos

Quem estudou Medicina sabe que cooperação e integração são fundamentais para ter sucesso na área de saúde, até mesmo no meio acadêmico. Diante dessa realidade, para utilizar corretamente o LinkedIn para médicos, você não pode deixar esse aspecto de lado e precisa estar junto de quem realmente faz a diferença no segmento.

Sendo assim, procure não hesitar em participar ativamente de grupos que sejam de seu interesse, inclusive por meio da publicação de conteúdos relevantes e pela troca de experiências. Tente promover discussões e contribuir para os debates em andamento, depois de conquistar a aprovação dos administradores.

Quais são os benefícios do LinkedIn para médicos?

Ganho de autoridade no ramo

Um dos grandes benefícios de utilizar corretamente o LinkedIn é que isso ajuda a gerar mais autoridade para o profissional, o que é extremamente importante em um ambiente científico como a área de saúde. Ao compartilhar suas certificações e sua formação, até mesmo os pacientes poderão atestar a qualidade do seu conhecimento.

Promoção de networking

Outro dos benefícios de utilizar corretamente o LinkedIn para médicos é que ele ajuda a conquistar mais networking. Isso é muito importante, por exemplo, se você estiver em busca de uma colocação melhor no trabalho, se você está mudando de cidade ou se deseja parceiros para um coworking médico, entre outras possibilidades.

Melhora no relacionamento

Além de todos os benefícios que citamos, um perfil no LinkedIn possibilita uma melhoria no relacionamento com os colegas, permitindo que vocês possam estreitar os laços ou até mesmo que você possa tirar dúvidas com outros profissionais, bem como ajudá-los em seus conhecimentos ou em suas estratégias de marketing.

Como você pode ver, utilizar corretamente o LinkedIn para médicos pode ser uma estratégia maravilhosa para o seu crescimento profissional!

Gostou de aprender a utilizar de forma correta essa rede social? Então, que tal fazer o download grátis de nosso e-book sobre mídias sociais para clínicas?

Responder

*

Next Article5 dicas para atrair mais pacientes para consultas particulares